Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais.
Pesquisa avançada

O Manto de S. Martinho. A. Teixeira Pinto. Autografado. RARO
( 229707552)

Negócio terminado
Descrição

Detalhes do Artigo

Condição de utilização:
Usado
Autor(es):
A. Teixeira Pinto
Ano de edição:
1900-1949
Idioma:
Português
Formato:
Normal

Tipo de capa:
Capa mole

Nº de Páginas:
179



N 10505 – O Manto de S. Martinho. A. Teixeira Pinto. Romance de Tese. 179 Páginas. Autografado pelo autor, com dedicatória. 1ª Edição, Livraria Tavares Martins – Porto 1938.

Livro MUITO RARO.

S. Martinho viveu na França, na cidade de Tours, no Séc. IV. Sua família era pagã e o pai era militar.

Quando rapaz, por curiosidade, frequentou uma igreja católica. Entusiasmou-se por Jesus Cristo e iniciou o catecumenato, que era o curso de preparação para o Batismo.

Antes de terminar o curso, o pai o inscreveu na carreira militar e ele foi escalado para trabalhar como guarda da cidade.

Numa noite muito fria, ele fazia ronda na cidade, e viu, na calçada, um mendigo, quase nu e tremendo de frio. Movido de compaixão, Martinho tirou o manto com o qual se agasalhava e, com sua espada, cortou-o no meio. Deu uma parte para o mendigo e ficou com a outra.

Terminado o seu plantão, Martinho foi dormir, e apareceu-lhe Jesus Cristo, vestido com aquela metade do manto que ele dera ao mendigo.

O fato lembra-nos aquela afirmação de Jesus: “Eu estava nu e me vestistes” (Mt 25,36). O amor não é uma teoria, ou um sentimento apenas. Não é também algo difícil de entender. Até um catecúmeno entende.

Dois anos após o Batismo, Martinho abandonou a carreira militar e decidiu servir unicamente a Cristo. Entrou em um mosteiro.

Quando faleceu o bispo de Tours, os cristãos pediram unanimemente ao Papa que sagrasse o monge Martinho como o seu novo bispo. Como bispo, Dom Martinho nunca perdeu a sua sensibilidade diante do irmão que sofre.

Portes Grátis

Envio e pagamento

Forma de pagamento

Pagamento Online
PayPalPayPal
Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.
Entrega em MãoEntrega em Mão

Envio

Envia para o estrangeiro:
Sim
Condições de envio:
Portes Grátis (vendedor paga custos de envio)
Envio:
-
Seguro:
-
Método de envio:
Correio normal
Prazo de Entrega
3 dias úteis
O vendedor assume total responsabilidade pelo conteúdo deste negócio

Detalhes do Artigo

Condição de utilização:
Usado
Autor(es):
A. Teixeira Pinto
Ano de edição:
1900-1949
Idioma:
Português
Formato:
Normal

Tipo de capa:
Capa mole

Nº de Páginas:
179



N 10505 – O Manto de S. Martinho. A. Teixeira Pinto. Romance de Tese. 179 Páginas. Autografado pelo autor, com dedicatória. 1ª Edição, Livraria Tavares Martins – Porto 1938.

Livro MUITO RARO.

S. Martinho viveu na França, na cidade de Tours, no Séc. IV. Sua família era pagã e o pai era militar.

Quando rapaz, por curiosidade, frequentou uma igreja católica. Entusiasmou-se por Jesus Cristo e iniciou o catecumenato, que era o curso de preparação para o Batismo.

Antes de terminar o curso, o pai o inscreveu na carreira militar e ele foi escalado para trabalhar como guarda da cidade.

Numa noite muito fria, ele fazia ronda na cidade, e viu, na calçada, um mendigo, quase nu e tremendo de frio. Movido de compaixão, Martinho tirou o manto com o qual se agasalhava e, com sua espada, cortou-o no meio. Deu uma parte para o mendigo e ficou com a outra.

Terminado o seu plantão, Martinho foi dormir, e apareceu-lhe Jesus Cristo, vestido com aquela metade do manto que ele dera ao mendigo.

O fato lembra-nos aquela afirmação de Jesus: “Eu estava nu e me vestistes” (Mt 25,36). O amor não é uma teoria, ou um sentimento apenas. Não é também algo difícil de entender. Até um catecúmeno entende.

Dois anos após o Batismo, Martinho abandonou a carreira militar e decidiu servir unicamente a Cristo. Entrou em um mosteiro.

Quando faleceu o bispo de Tours, os cristãos pediram unanimemente ao Papa que sagrasse o monge Martinho como o seu novo bispo. Como bispo, Dom Martinho nunca perdeu a sua sensibilidade diante do irmão que sofre.

Portes Grátis

Forma de pagamento

Pagamento Online
PayPalPayPal
Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.
Entrega em MãoEntrega em Mão

Envio

Envia para o estrangeiro:
Sim
Condições de envio:
Portes Grátis (vendedor paga custos de envio)
Envio:
-
Seguro:
-
Método de envio:
Correio normal
Prazo de Entrega
3 dias úteis
Adicionar vendedor à lista de favoritosTem de fazer login antes de poder adicionar um vendedor à sua lista de favoritos
Outros negócios do vendedor
Voltar à Categoria