Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais.
Pesquisa avançada

PRIMEIRA (SEGUNDA TERCEIRA E QUARTA) PARTE DA HISTÓRIA DE S
( 225383930)

Descrição

PRIMEIRA (SEGUNDA TERCEIRA E QUARTA) PARTE DA HISTÓRIA DE S. DOMINGOS PARTICULAR DO REINO E CONQUISTAS DE PORTUGAL Fr. Luís de Sousa Fr. Luis Cacegas
Ano:1767 | Edição :2ª
Lisboa Officina de Antonio Rodrigues Galhardo In-4º de 4 partes em 2 volumes com (20) 718 (40) 463 (20) 447 (28) 819 páginas Encadernado

...POR FR. LUIS CACEGAS Da mesma Ordem e Provincia e Chronista della. Reformada em estilo e ordem e amplificada em sucessos e particularidades POR FR: LUIS DE SOUSA Filho do Convento de Bemfica. QUARTA PARTE DA HISTORIA DE S. DOMINGOS PARTICULAR DO REINO E CONQUISTAS De Portugal. OFFERECIDA A’ AUGUSTA MAGESTADE DELREY nosso Senhor DOM JOAÕ V. POR Fr. LUCAS DE Sta. CATHARINA Chronista da Ordem dos Prégadores e Academico da Academia Real.
Inocêncio xiii-353 v-328 xii-353 xvi-73 e v-202: “Fr. Luiz de Cacegas da ordem de S. Domingos. Nasceu por 1640 e morreu no convento da sua ordem em Bemfica segundo Fr. Luiz de Sousa em 1610 com setenta annos de idade. Foi auctor da vida de d. Fr. Bartholomeu dos Martyres e da primeira parte da história de S. Domingos ampliadas e publicadas depois por Fr. Luiz de sousa. (v. este nome no dicc. tomo v pag. 327.) a respeito destas obras tem interesse o estudo publicado por Joaquim F. S. Firmo na Illustração Popular vol. ii n.os 42 e 43 de 1868.Fr. Luis de Sousa (1.º) chamado no seculo Manuel de Sousa Coutinho quarto filho de Lopo de Sousa Coutinho de quem já se fez memoria a pag. 192 do presente volume. n. em Santarem no anno de 1555 segundo a opinião de alguns dos seus biographos. Consta que depois de concluidos os primeiros estudos determinára seguir a profissão das armas ou se alistára como alguns dizem na ordem militar de Malta e a bordo de uma galera da mesma ordem foi captivo pelos mouros e conduzido para Argel pelos annos de 1575?. nesta cidade adquiriu conhecimento e tracto de amisade com Miguel de Cervantes que para ahi fôra levado na mesma condição pouco tempo antes. Resgatado ao que parece no anno de 1577 (o mesmo em que faleceu seu pae) regressou a portugal por via de hespanha na opinião mais provavel pelos annos de 1579. Casou entre os de 1584 e 1586 com D. Magdalena de Vilhena tida por viuva de D. João de Portugal que passava por morto na Jornada de Africa e continuou residindo ora em Lisboa ora na villa de almada. Sabe-se que estava em Madrid no anno de 1600 e crê-se que então emprehendêra uma viagem ás Indias Occidentaes donde voltára á patria em 1604 ou no anno seguinte. Viveu ainda alguns annos com sua familia até que em 1613 elle e sua mulher tomaram o acordo de separarem-se recolhendo-se uma ao convento do Sacramento de Lisboa e entrando o outro no de S. Somingos de Bemfica. Ahi passado o anno do noviciado professou a 8 de septembro de 1614 mudando então o nome no de Fr. Luis de Sousa. O motivo desta separação é ainda duvidoso para muitos que tomam á conta de romance o que relata Fr. Antonio da Encarnação no prologo da segunda parte da história de S. Domingos outros porém o admittem como veridico e plausivel. Primeira parte da História de S. Domingos particular do reino e conquistas de Portugal por Fr. Luis Cacegas da mesma ordem e provincia e chronista della. reformada em estylo e ordem e ampliada em successos e particularidades etc. impressa no convento de S. Domingos de Bemfica por Giraldo de Vinha 1623. fol. de vi? folhas numeradas pela frente e rosto estampado com uma portada de gravura aberta a buril. Mais nove folhas innumeradas no fim contendo a taboada ou indice. Alguns exemplares desta edição trazem em logar do frontispicio de gravura que lhe pertence um simples rosto impresso contendo os mesmos dizeres. - o p. Francisco Leitão Ferreira nas Noticias Chronologicas da Universidade a pag. 288 diz que esta primeira parte fôra reimpressa em segunda edição Lisboa por Henrique Valente de Oliveira 1662. Quanto a mim declaro que jámais pude ver algum exemplar de tal reimpressão nem conheço outro testemunho que prove a sua existencia. Segunda parte da História de S. Domingos particular do reino e conquistas etc. etc. (Lisboa) na offic. de henrique valente de oliveira 1662. fol. de xiv? folhas e mais septe de indice. o frontispicio ou portada de gravura é diverso no desenho do que anda na primeira parte da obra. Desta segunda parte foi editor Fr. Antonio da Encarnação. vej. o que digo no artigo concernente a este escriptor no tomo I do diccionario. Barbosa deixou imprimir errada a data desta edição pondo-a em 1626 e o mesmo copiou servilmente o collector do chamado catalogo da academia. Terceira parte da História de S. Domingos etc. etc. Lisboa na offic. de domingos carneiro 1678. fol. de xviii? pag. e mais dez innumeradas com o indice. a portada de gravura deste volume é a mesma que serviu para o primeiro tomo. a estas tres partes que são de Fr. Luis de Sousa se ajunta a quarta escripta por Fr. Lucas de Sancta Catharina a qual (como digo no presente volume a pag. 202) se imprimiu pela primeira vez: lisboa por José Antonio da Silva 1733. fol. estas quatro partes reunidas sahiram em segunda edição lisboa na offic. de Antonio Rodrigues Galhardo 1767. fol. 4 tomos com xx? pag. xxxviii? pag. xviii? pag. e xxviii? pag.”… da História de S. Domingos (n.° 785) fez-se a terceira edição em 1866 na typographia do panorama editor lopes. 8.º 6 tomos. Fr. Lucas de Sancta Catharina Dominicano Chronista da sua provincia Academico da Academia Real de Historia etc. - N. em Lisboa no anno de 1660 e m. a 6 de Outubro de 1740. Historia de S. Domingos particular do reino e conquistas de Portugal. Quarta parte. Lisboa por José Antonio da Silva 1733. 4.º gr. ou fol. - É continuação das tres partes já impressas desta chronica de que fôra auctor Fr. Luis de Sousa. - Sahiu esta quarta parte reimpressa com as referidas tres Lisboa na Offic. de Antonio Rodrigues Galhardo 1767. Contém nesta edição XXVIII? pag”.
Exemplares com encadernação da época inteiras de pele com ferros a ouro nas lombadas. Apresentam vestígios ligeiros de xilófagos sem afectar a mancha tipográfica. Frontispícios gravados nas quatro partes fielmente reproduzidos da primeira edição. As quatro partes desta obra saíram nesta segunda edição reunidas pela primeira vez.
Obra RARA.
Perguntar ao vendedor
Para fazer perguntas tem que fazer Login.
Envio e pagamento

Forma de pagamento

Pagamento Online
PayPalPayPal
Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.

Envio

Envia para o estrangeiro:
Sim
Condições de envio:
Comprador paga custos de envio
Envio:
€ 7,13
Seguro:
€ 1,35
Método de envio:
Correio Normal
Prazo de Entrega
3 dias úteis
Perguntar ao vendedor
Perguntar ao vendedor
Para fazer perguntas tem que fazer Login.
O vendedor assume total responsabilidade pelo conteúdo deste negócio

PRIMEIRA (SEGUNDA TERCEIRA E QUARTA) PARTE DA HISTÓRIA DE S. DOMINGOS PARTICULAR DO REINO E CONQUISTAS DE PORTUGAL Fr. Luís de Sousa Fr. Luis Cacegas
Ano:1767 | Edição :2ª
Lisboa Officina de Antonio Rodrigues Galhardo In-4º de 4 partes em 2 volumes com (20) 718 (40) 463 (20) 447 (28) 819 páginas Encadernado

...POR FR. LUIS CACEGAS Da mesma Ordem e Provincia e Chronista della. Reformada em estilo e ordem e amplificada em sucessos e particularidades POR FR: LUIS DE SOUSA Filho do Convento de Bemfica. QUARTA PARTE DA HISTORIA DE S. DOMINGOS PARTICULAR DO REINO E CONQUISTAS De Portugal. OFFERECIDA A’ AUGUSTA MAGESTADE DELREY nosso Senhor DOM JOAÕ V. POR Fr. LUCAS DE Sta. CATHARINA Chronista da Ordem dos Prégadores e Academico da Academia Real.
Inocêncio xiii-353 v-328 xii-353 xvi-73 e v-202: “Fr. Luiz de Cacegas da ordem de S. Domingos. Nasceu por 1640 e morreu no convento da sua ordem em Bemfica segundo Fr. Luiz de Sousa em 1610 com setenta annos de idade. Foi auctor da vida de d. Fr. Bartholomeu dos Martyres e da primeira parte da história de S. Domingos ampliadas e publicadas depois por Fr. Luiz de sousa. (v. este nome no dicc. tomo v pag. 327.) a respeito destas obras tem interesse o estudo publicado por Joaquim F. S. Firmo na Illustração Popular vol. ii n.os 42 e 43 de 1868.Fr. Luis de Sousa (1.º) chamado no seculo Manuel de Sousa Coutinho quarto filho de Lopo de Sousa Coutinho de quem já se fez memoria a pag. 192 do presente volume. n. em Santarem no anno de 1555 segundo a opinião de alguns dos seus biographos. Consta que depois de concluidos os primeiros estudos determinára seguir a profissão das armas ou se alistára como alguns dizem na ordem militar de Malta e a bordo de uma galera da mesma ordem foi captivo pelos mouros e conduzido para Argel pelos annos de 1575?. nesta cidade adquiriu conhecimento e tracto de amisade com Miguel de Cervantes que para ahi fôra levado na mesma condição pouco tempo antes. Resgatado ao que parece no anno de 1577 (o mesmo em que faleceu seu pae) regressou a portugal por via de hespanha na opinião mais provavel pelos annos de 1579. Casou entre os de 1584 e 1586 com D. Magdalena de Vilhena tida por viuva de D. João de Portugal que passava por morto na Jornada de Africa e continuou residindo ora em Lisboa ora na villa de almada. Sabe-se que estava em Madrid no anno de 1600 e crê-se que então emprehendêra uma viagem ás Indias Occidentaes donde voltára á patria em 1604 ou no anno seguinte. Viveu ainda alguns annos com sua familia até que em 1613 elle e sua mulher tomaram o acordo de separarem-se recolhendo-se uma ao convento do Sacramento de Lisboa e entrando o outro no de S. Somingos de Bemfica. Ahi passado o anno do noviciado professou a 8 de septembro de 1614 mudando então o nome no de Fr. Luis de Sousa. O motivo desta separação é ainda duvidoso para muitos que tomam á conta de romance o que relata Fr. Antonio da Encarnação no prologo da segunda parte da história de S. Domingos outros porém o admittem como veridico e plausivel. Primeira parte da História de S. Domingos particular do reino e conquistas de Portugal por Fr. Luis Cacegas da mesma ordem e provincia e chronista della. reformada em estylo e ordem e ampliada em successos e particularidades etc. impressa no convento de S. Domingos de Bemfica por Giraldo de Vinha 1623. fol. de vi? folhas numeradas pela frente e rosto estampado com uma portada de gravura aberta a buril. Mais nove folhas innumeradas no fim contendo a taboada ou indice. Alguns exemplares desta edição trazem em logar do frontispicio de gravura que lhe pertence um simples rosto impresso contendo os mesmos dizeres. - o p. Francisco Leitão Ferreira nas Noticias Chronologicas da Universidade a pag. 288 diz que esta primeira parte fôra reimpressa em segunda edição Lisboa por Henrique Valente de Oliveira 1662. Quanto a mim declaro que jámais pude ver algum exemplar de tal reimpressão nem conheço outro testemunho que prove a sua existencia. Segunda parte da História de S. Domingos particular do reino e conquistas etc. etc. (Lisboa) na offic. de henrique valente de oliveira 1662. fol. de xiv? folhas e mais septe de indice. o frontispicio ou portada de gravura é diverso no desenho do que anda na primeira parte da obra. Desta segunda parte foi editor Fr. Antonio da Encarnação. vej. o que digo no artigo concernente a este escriptor no tomo I do diccionario. Barbosa deixou imprimir errada a data desta edição pondo-a em 1626 e o mesmo copiou servilmente o collector do chamado catalogo da academia. Terceira parte da História de S. Domingos etc. etc. Lisboa na offic. de domingos carneiro 1678. fol. de xviii? pag. e mais dez innumeradas com o indice. a portada de gravura deste volume é a mesma que serviu para o primeiro tomo. a estas tres partes que são de Fr. Luis de Sousa se ajunta a quarta escripta por Fr. Lucas de Sancta Catharina a qual (como digo no presente volume a pag. 202) se imprimiu pela primeira vez: lisboa por José Antonio da Silva 1733. fol. estas quatro partes reunidas sahiram em segunda edição lisboa na offic. de Antonio Rodrigues Galhardo 1767. fol. 4 tomos com xx? pag. xxxviii? pag. xviii? pag. e xxviii? pag.”… da História de S. Domingos (n.° 785) fez-se a terceira edição em 1866 na typographia do panorama editor lopes. 8.º 6 tomos. Fr. Lucas de Sancta Catharina Dominicano Chronista da sua provincia Academico da Academia Real de Historia etc. - N. em Lisboa no anno de 1660 e m. a 6 de Outubro de 1740. Historia de S. Domingos particular do reino e conquistas de Portugal. Quarta parte. Lisboa por José Antonio da Silva 1733. 4.º gr. ou fol. - É continuação das tres partes já impressas desta chronica de que fôra auctor Fr. Luis de Sousa. - Sahiu esta quarta parte reimpressa com as referidas tres Lisboa na Offic. de Antonio Rodrigues Galhardo 1767. Contém nesta edição XXVIII? pag”.
Exemplares com encadernação da época inteiras de pele com ferros a ouro nas lombadas. Apresentam vestígios ligeiros de xilófagos sem afectar a mancha tipográfica. Frontispícios gravados nas quatro partes fielmente reproduzidos da primeira edição. As quatro partes desta obra saíram nesta segunda edição reunidas pela primeira vez.
Obra RARA.
Perguntar ao vendedor
Para fazer perguntas tem que fazer Login.

Forma de pagamento

Pagamento Online
PayPalPayPal
Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.

Envio

Envia para o estrangeiro:
Sim
Condições de envio:
Comprador paga custos de envio
Envio:
€ 7,13
Seguro:
€ 1,35
Método de envio:
Correio Normal
Prazo de Entrega
3 dias úteis
Adicionar vendedor à lista de favoritosTem de fazer login antes de poder adicionar um vendedor à sua lista de favoritos
Voltar à Loja