Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais.
Pesquisa avançada

TEATRO Mendes de Carvalho A 10.ª Turista
( 231804602)

Descrição

Detalhes do Artigo

Condição de utilização:
Usado
Título original do livro:
A 10ª Turista
Autor(es):
Mendes de Carvalho
Colecção:
Teatro Vivo
Editora:
Plátano
Nº da Edição:
3ª Edição
Ano de edição:
1978

Idioma:
Português

Formato:
Bolso

Nº de Páginas:
109-(3)

Tipo de capa:
Capa mole



CARVALHO, Mendes de - A 10.ª Turista. Lisboa: Plátano Editora, 1978. - 109-(3) págs.

Muito bom estado

14690

Poeta, dramaturgo e novelista, fez estudos de Economia, com estágios em Inglaterra, Suíça e França, exercendo durante largos anos funções de administrador numa empresa privada, mas teve sempre uma colaboração estreita com grupos de teatro, como a «Casa da Comédia», o «Teatro Estúdio de Lisboa» e o «Clube Palco», integrando-se em 1975 nos quadros da Secretaria de Estado da Cultura como delegado junto da Fundação Gulbenkian nos trabalhos de «levantamento cultural» do país, em que se empenhou até à sua morte.
Orientou a página literária do semanário Notícias do Algarve, foi director do suplemento literário do semanário O Raio (Covilhã) e co-dirigiu a revista Cronos. Tem colaboração (poemas, artigos e ensaios sobre literatura e artes plásticas) dispersa em jornais e revistas portugueses e brasileiros.
Numa interessante «auto-apresentação» que escreveu em 1973 para a edição da antologia poética intitulada «Satírica», levantando algumas dúvidas sobre o verdadeiro lugar de nascimento, Mendes de Carvalho declarava: «O autor nasceu no Alcaide, pequena aldeia que aparece nos mapas decentes. Ali, aprendeu as primeiras letras. Na capital, as segundas, as terceiras e outras». Mas foi de facto em Lisboa que, tendo começado «a sonetar antes de romper a barba», se tornou afinal «anti-sonetista».
A força expressiva da sua poesia (e até das suas peças teatrais), na carga mordaz e irónica que traz consigo e na inspiração surrealista em que se enquadra, espelha a própria realidade humana e social com uma segura ironia, na certeza de não poder dizer todas as coisas de outro modo, retratando satiricamente os indivíduos, instituições ou grupos sociais numa linguagem crítica e incisiva, claramente herdada de Nicolau Tolentino ou de Alexandre O'Neill. - in Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, Vol. V, Lisboa, 1998

As expedições são efectuadas num máximo de 2 dias úteis após confirmação do pagamento.

Não nos responsabilizamos por eventuais extravios em caso de expedição por correio normal.

Para compras de valor igual ou superior a €50.00 a entrega será gratuita, por correio registado.


Perguntar ao vendedor
Para fazer perguntas tem que fazer Login.
Envio e pagamento

Forma de pagamento

Pagamento Online
PayPalPayPal
Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.

Envio

Envia para o estrangeiro:
Sim
Condições de envio:
Comprador paga custos de envio
Envio:
€ 1,00
Seguro:
-
Método de envio:
Correio normal
Prazo de Entrega
2 dias úteis
Perguntar ao vendedor
Perguntar ao vendedor
Para fazer perguntas tem que fazer Login.
O vendedor assume total responsabilidade pelo conteúdo deste negócio

Detalhes do Artigo

Condição de utilização:
Usado
Título original do livro:
A 10ª Turista
Autor(es):
Mendes de Carvalho
Colecção:
Teatro Vivo
Editora:
Plátano
Nº da Edição:
3ª Edição
Ano de edição:
1978

Idioma:
Português

Formato:
Bolso

Nº de Páginas:
109-(3)

Tipo de capa:
Capa mole



CARVALHO, Mendes de - A 10.ª Turista. Lisboa: Plátano Editora, 1978. - 109-(3) págs.

Muito bom estado

14690

Poeta, dramaturgo e novelista, fez estudos de Economia, com estágios em Inglaterra, Suíça e França, exercendo durante largos anos funções de administrador numa empresa privada, mas teve sempre uma colaboração estreita com grupos de teatro, como a «Casa da Comédia», o «Teatro Estúdio de Lisboa» e o «Clube Palco», integrando-se em 1975 nos quadros da Secretaria de Estado da Cultura como delegado junto da Fundação Gulbenkian nos trabalhos de «levantamento cultural» do país, em que se empenhou até à sua morte.
Orientou a página literária do semanário Notícias do Algarve, foi director do suplemento literário do semanário O Raio (Covilhã) e co-dirigiu a revista Cronos. Tem colaboração (poemas, artigos e ensaios sobre literatura e artes plásticas) dispersa em jornais e revistas portugueses e brasileiros.
Numa interessante «auto-apresentação» que escreveu em 1973 para a edição da antologia poética intitulada «Satírica», levantando algumas dúvidas sobre o verdadeiro lugar de nascimento, Mendes de Carvalho declarava: «O autor nasceu no Alcaide, pequena aldeia que aparece nos mapas decentes. Ali, aprendeu as primeiras letras. Na capital, as segundas, as terceiras e outras». Mas foi de facto em Lisboa que, tendo começado «a sonetar antes de romper a barba», se tornou afinal «anti-sonetista».
A força expressiva da sua poesia (e até das suas peças teatrais), na carga mordaz e irónica que traz consigo e na inspiração surrealista em que se enquadra, espelha a própria realidade humana e social com uma segura ironia, na certeza de não poder dizer todas as coisas de outro modo, retratando satiricamente os indivíduos, instituições ou grupos sociais numa linguagem crítica e incisiva, claramente herdada de Nicolau Tolentino ou de Alexandre O'Neill. - in Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, Vol. V, Lisboa, 1998

As expedições são efectuadas num máximo de 2 dias úteis após confirmação do pagamento.

Não nos responsabilizamos por eventuais extravios em caso de expedição por correio normal.

Para compras de valor igual ou superior a €50.00 a entrega será gratuita, por correio registado.


Perguntar ao vendedor
Para fazer perguntas tem que fazer Login.

Forma de pagamento

Pagamento Online
PayPalPayPal
Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.

Envio

Envia para o estrangeiro:
Sim
Condições de envio:
Comprador paga custos de envio
Envio:
€ 1,00
Seguro:
-
Método de envio:
Correio normal
Prazo de Entrega
2 dias úteis
Adicionar vendedor à lista de favoritosTem de fazer login antes de poder adicionar um vendedor à sua lista de favoritos
Voltar à Loja