Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saiba mais.
Pesquisa avançada

vários- o grito do gamo, poemas celtas da fé e do sagrado
( 226286416)

Negócio terminado
Descrição

O Grito do Gamo vem acrescentar à colecção Gato Maltês mais um título dedicado à poesia celta. Depois do sucesso de O Imenso Adeus, José Domingos Morais traduziu este conjunto de poemas sobre a religiosidade celta. Sobressaem, como nota do tradutor, dois traços essenciais, sendo o primeiro a intimidade dos poetas com a natureza e o segundo o fervor religioso dos monges, associado à sua atracção pela vida ascética. Do poema O Grito do Gamo, que abre esta recolha, deixamos este excerto:

|…|
Eu levanto-me hoje
Pelo poder do Céu:
A luz do Sol,
O brilho da Lua,
O esplendor do Fogo,
A rapidez do Raio,
A doçura do Vento,
A fundura do Mar,
A segurança da Terra,
A firmeza da Rocha.
|…|

«A grande maioria dos poemas sobre a religiosidade celta incluídos nesta curta colectânea são de origem irlandesa. Tal não é de estranhar se atentarmos que a Irlanda foi das primeiras regiões, para além das fronteiras do Império Romano, a ser evangelizada. O grande obreiro dessa tarefa foi, no século V, São Patrício - Padraic, em gaélico irlandês. […] Do conjunto destes poemas ressaltam claramente dois ou três traços essenciais. O primeiro diz respeito à intimidade dos poetas com a natureza e ao amor que lhe devotam. […] O segundo aspecto essencial prende-se com o fervor religioso dos monges e a sua atracção pela vida ascética e pela solidão em lugares eleitos para gozar a beatitude interior e contemplar a glória do Criador na vastidão e majestade do mar e do céu ou no insondável mistério da vida a fervilhar nas ervas e nas árvores, nas flores e nos frutos, nos bichos da terra, os peixes da água, as aves do ar.»
José Domingos Morais

assírio & alvim

2004

Envio e pagamento

Forma de pagamento

Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.
Envio à cobrançaEnvio à cobrança
Em caso de envio à cobrança, o vendedor não é obrigado a vender o artigo se os portes não forem pagos antecipadamente.

Envio

Envia para o estrangeiro:
Não
Condições de envio:
Comprador paga custos de envio
Envio:
€ 0,50
Seguro:
-
Método de envio:
Correio normal
Prazo de Entrega
3 dias úteis
O vendedor assume total responsabilidade pelo conteúdo deste negócio

O Grito do Gamo vem acrescentar à colecção Gato Maltês mais um título dedicado à poesia celta. Depois do sucesso de O Imenso Adeus, José Domingos Morais traduziu este conjunto de poemas sobre a religiosidade celta. Sobressaem, como nota do tradutor, dois traços essenciais, sendo o primeiro a intimidade dos poetas com a natureza e o segundo o fervor religioso dos monges, associado à sua atracção pela vida ascética. Do poema O Grito do Gamo, que abre esta recolha, deixamos este excerto:

|…|
Eu levanto-me hoje
Pelo poder do Céu:
A luz do Sol,
O brilho da Lua,
O esplendor do Fogo,
A rapidez do Raio,
A doçura do Vento,
A fundura do Mar,
A segurança da Terra,
A firmeza da Rocha.
|…|

«A grande maioria dos poemas sobre a religiosidade celta incluídos nesta curta colectânea são de origem irlandesa. Tal não é de estranhar se atentarmos que a Irlanda foi das primeiras regiões, para além das fronteiras do Império Romano, a ser evangelizada. O grande obreiro dessa tarefa foi, no século V, São Patrício - Padraic, em gaélico irlandês. […] Do conjunto destes poemas ressaltam claramente dois ou três traços essenciais. O primeiro diz respeito à intimidade dos poetas com a natureza e ao amor que lhe devotam. […] O segundo aspecto essencial prende-se com o fervor religioso dos monges e a sua atracção pela vida ascética e pela solidão em lugares eleitos para gozar a beatitude interior e contemplar a glória do Criador na vastidão e majestade do mar e do céu ou no insondável mistério da vida a fervilhar nas ervas e nas árvores, nas flores e nos frutos, nos bichos da terra, os peixes da água, as aves do ar.»
José Domingos Morais

assírio & alvim

2004

Forma de pagamento

Pagamento Offline
Transferência bancáriaTransferência bancária
Em caso de transferência bancária, certifique-se que o nome do titular da conta para onde vai transferir coincide com o nome do vendedor.
Envio à cobrançaEnvio à cobrança
Em caso de envio à cobrança, o vendedor não é obrigado a vender o artigo se os portes não forem pagos antecipadamente.

Envio

Envia para o estrangeiro:
Não
Condições de envio:
Comprador paga custos de envio
Envio:
€ 0,50
Seguro:
-
Método de envio:
Correio normal
Prazo de Entrega
3 dias úteis
Adicionar vendedor à lista de favoritosTem de fazer login antes de poder adicionar um vendedor à sua lista de favoritos
Voltar à Categoria